Como fazer o melhor anime de todos!

Pegue uma classe de pessoas, uma raça, uma profissão, um clã, uma subordem renegada, uma tribo, ou qualquer outro termo que você queira explorar na série, esse é o começo de seu enredo. Até antes de pensar nos personagens, você pode escolher um grande evento dessa ficção que ocorreu e dividiu tudo em antes e depois dessa coisa (pode ser uma guerra épica, um acidente de proporções colossais, uma invasão, uma revolta da “resistência” ou mesmo a ascensão de um grupo político suspeito). Isso gera na mente dos que estão acompanhando muitas e muitas teorias sobre esse evento.

Continuar lendo

Cristãos e esportes combinam? Parte II- Afinal, qual é o problema dos esport

Queremos começar pedindo desculpa pela demora de se postar esta segunda parte, esperamos que o tempo tenha pelo menos feito com que seu interesse pelo assunto tenha aumentado! Hoje nós vamos dar uma parada na análise histórica da primeira parte para nos deter em orientações bíblicas, mais tarde retornaremos para história de Avondale (que você com certeza leu na Parte I). 

 Vamos então direto ao assunto! Continuar lendo

Cristãos e Esportes combinam? Parte I- Bezerro de Ouro

Durante esses últimos meses em minha vida, muita coisa mudou desde que me aprofundei mais nas Escrituras. Particularmente, um assunto me despertou tanto o interesse que gostaria muito de compartilhá-lo depois do tempo que pesquisei.

Quanto mais eu descobria novas verdades para minha mente finita e quase inexperiente nesta vida, eu via que precisava cavar mais fundo até encontrar as jóias raras do solo bíblico. O que vou mostrar aqui é continuação de um sacrifício sincero de pesquisar, lapidar e escrever para que o povo de Deus venha a ser uma luz neste mundo caótico.

Esse tema que tenho instigado nas igrejas adventistas tem tido repercussões de vários locais, em especial nos EUA e principalmente no Brasil. Desde que publiquei meu artigo “Competindo em Nome de Deus”, recebi as mais diversas reações que se possa esperar de todo país praticamente. Apesar de que tenha sido motivo de apedrejamento em muitos lugares, recebi testemunhos maravilhosos de cristãos sinceros que leram minhas pesquisas e puderam evoluir na caminhada cristã.

Continuar lendo

Cristão e Política, tudo certinho?

Eu havia pensado comigo mesmo que não me manifestaria quanto ao assunto porque é extremamente complicado. Talvez tão complexo quanto outros textos polêmicos que eu tenha feito, ou até mais. É com pesar, todavia, que alguns episódios me chamaram a atenção ao ponto de eu querer comentar alguns princípios e advertências para o evento que teremos domingo agora.

Como começo a maioria de meus textos, já quero avisar que minha intenção não é IMPOR nada, quem sou eu para servir de consciência política para tantas pessoas de calibre intelectual invejável? No entanto, alguns anos convivendo em simulações das Nações Unidas e no meio acadêmico de direito (ainda que eu curse medicina), trouxeram-me questionamentos que gostaria de dividir com vocês.

A Classe dos Excluídos

De vez em sempre recebo pedido de cristãos de natureza muito ofensiva, pedem que eu faça textos para reprovar a conduta de ateus, rebater seus argumentos; pedem para expor o erro da conduta homossexual e chamá-los mais uma vez de abominação;
pedem para eu reprovar um subordem de castas, que, na cabeça deles, estão perdidos automaticamente e sem chance de mudança.

Como se ateus, prostituas, homossexuais e drogados já tivessem ido tão longe que o caminho de volta seja praticamente impensável. São assim colocados como uma classe excluída, que não merece nossa atenção (nem mesmo no local que chamamos de hospital espiritual, a igreja).

Continuar lendo

Carta de Suicídio

Carta Suicídio
Caro leitor,
Sei que deve ser difícil imaginar como uma pessoa chega a esse ponto, mas eu sei. Não estranhe se não me encontrar mais perambulando por aí, cartas de suicídio notificam uma decisão fatal. Há na verdade várias discussões para catalogar o ato de tirar a própria vida como sendo covardia ou coragem, eu sinto que é um pouco dos dois. Bem, no mínimo posso afirmar com certeza que é uma decisão difícil e com certeza vai gerar muita polêmica.
Fiquei pensando seriamente se deixaria meu corpo em lugar fácil de ser achado ou se não daria chance para fazerem cerimônia com meus pedaços inertes em letargia. É complicado, acredite. A cada palavra que escrevo lágrimas me brotam nos olhos e mais certeza e convicção me levam ao momento final.

Continuar lendo