Tradições

Conhecida no meio gospel, uma cantora audaciosa decidiu gravar uma música chamada Tradições. É necessário, porém, saber qual a representação que essa palavra carrega. Para alguns, por exemplo, ela traz um sentimento negativo no meio religioso. Já para outros, pode representar um padrão que deve ser seguido à risca. Percebe-se, portanto, que há uma disputa ideológica. Quem tem razão: os cristãos liberais – os que não são fariseus – ou os cristãos conservadores – os que são fariseus? Qual o perigo das duas ideologias ou não há dano nesse confronto? É importante afirmar que onde há opressão, há resistência. Quem oprime quem? Quem resiste a quem?

Continuar lendo

O Sábio bem o sábio ouve

Gostaria de tratar de um texto que é muitas vezes mal interpretado e que, hoje em dia, tirado de seu contexto, tem servido de pretexto para todo tipo de hábito questionável, principalmente no que diz respeito às formas de entretenimento.

O verso é curto e bastante conhecido: “Examinai tudo. Retende o bem” (1 Tess. 5:21).

O primeiro questionamento é: o que seria o “tudo” a que se refere o texto? A partir desse texto é possível concluir que o crente está autorizado a, por exemplo, ler livros espíritas ou daquele pastor famoso da televisão que tira o demônio, assistir a qualquer filme ou novela, estudar bulas papais, ler livros de magia etc., e depois disso, reter o que julga ser correto? Pode-se experimentar qualquer coisa, desde que ao final se retenha o que é o bem?

Em segundo lugar, o que é “o bem”, que deve ser o nosso objetivo? O bem de que trata o texto é subjetivo, de maneira que depende do julgamento do examinador, ou a Bíblia traz parâmetros objetivos que estabelecem a forma pelo qual se pode “examinar” a fim de encontrar “o bem”. Continuar lendo

Capítulo de hoje: Levítico 8

 

No capítulo 8 de Levítico, temos o chamado para a família de Arão assumir o sacerdócio. O primeiro requisito era comprovar que era realmente descendente de Arão. O segundo requisito era integridade física. Ninguém com deformidade ou ferimentos poderia se aproximar do altar ou até mesmo de entrar no santuário. Os sacerdotes também não poderiam ter hábitos nocivos, como bebida forte e vinho. Continuar lendo

Capítulo de hoje: Levítico 6

Neste capítulo, continuamos a entender as leis de convívio entre os israelitas. Nesta parte, temos as ordenanças relativas às pessoas que cometeram injustiças com outras pessoas, a saber: desonestidades em parcerias em negócios, roubos, extorsão, entre outros. Para todos estes casos, Deus não deixa impune a pessoa que cometeu estes atos, mas não no sentido apenas “punitivo”. Era no sentido de salvar ambas as partes! Mas também restituir com justiça àquele que foi prejudicado. Continuar lendo

Capítulo de hoje: Levítico 4

 

Olá, tudo bem? Como vai a leitura da Bíblia? Espero que estejam gostando tanto quanto eu! Continuando a leitura sequencial, vemos no capítulo 4 de Levítico os ritos para algumas situações, um tanto, inusitadas.

No versículo 2, fala sobre “pecados de ignorância”, ou seja, inadvertidamente, sem pensar, de forma descuidada. O pecado não deixa de ser pecado nestas ocasiões, de modo que precisava de arrependimento da mesma maneira. Como dito pela Bíblia, o pecado é um desvio de um padrão estabelecido. É não alcançar o alvo. Também significa desobediência. Em todos esses casos, o capítulo enfatiza a necessidade de expiação deste pecado, tido, “por ignorância”. De fato, aquele que recebeu maior luz, ou seja, tem mais conhecimento daquilo que faz, também possui maior responsabilidade daquilo que realiza de certo ou de errado. Então as suas consequências são mais pesadas, certamente.

Continuar lendo

Capítulo de hoje: Levítico 3

 

No capítulo de hoje, temos a descrição do significado de “oferta pacífica”. Não necessariamente significava uma oferta de holocausto para uma época de guerras. O termo em hebraico shelem vem da raiz hebraica que significa fazer paz (Js 10:4). Nesta oferta, havia uma refeição partilhada na área do santuário, onde era celebrada com alegria e regozijo, e os sacerdotes e o povo trocavam palavras afáveis e de amizade. Era precedida por uma oferta pelo pecado e uma oferta queimada. Continuar lendo

Graça: O que é isso? Uma divina comédia ou um método de salvação?

Olá, meus amigos! “Que a graça de Jesus esteja com vocês.” Quantos já não ouviram uma frase ou algo similar a isso? Ou melhor, quantas vezes ela foi escrita na Bíblia e repetida por nossos pastores, amigos, familiares, etc.? Uma frase comum, simples aos nossos olhos, mas que por detrás dela tem um PODER tremendo, o qual é esquecido e completamente negligenciado.

O presente artigo, tratar-se-á sobre uma conceituação da Graça, analisando sob um novo ASPECTO, o qual é pouco explorado, sem excluir quaisquer outras visões sobre esse assunto. Será que é possível conceituar Graça? Muitos poderiam dizer: “A Graça é um presente dado de Graça por Deus”. Mas que presente é esse? É o Amor? É Jesus? É a Lei? São as obras? É a misericórdia de Deus? O que é?

Vamos à Bíblia descobrir isso, porque a escritora norte-americana Ellen White afirma que “as palavras de Deus são a fonte da vida. Ao buscardes esses vivos mananciais haveis de, mediante o Espírito Santo, ser postos em comunhão com Cristo. Verdades familiares apresentar-se-ão ao vosso espírito sob novo ASPECTO como o clarão de um relâmpago, novas significações cintilarão de textos familiares da Escritura; vereis a relação de outras verdades com a obra da redenção, e sabereis que Cristo vos está guiando; que tendes ao lado um Mestre divino.” MDC, p. 20 [meu grifo].

Com esse pensamento, começemos o nosso artigo com este texto-chave:
Continuar lendo

Revoltados com o Filho Pródigo

Quantos de nós já não ficaram estarrecidos, senão revoltados, ao lerem pela primeira vez a parábola do filho pródigo? Inclusive conheço alguns que não concordam até hoje com a decisão do amoroso pai em receber seu filho novamente sem ao menos lhe dar nenhum corretivo ou palavra de repreensão. Afinal, quem havia sido um melhor cristão dos dois irmãos, o que ficou e serviu ao pai, ou o que pediu sua parte da herança e gastou tudo prodigamente em prazeres e diversões, porém reconheceu seu erro e voltou para pedir perdão? Acompanhe a leitura e descubra o que Relendo a Bíblia Nos Dias de Hoje nos traz de lição. Continuar lendo